13º Dia do Jejum de Daniel – Direção certa

13º Dia do Jejum de Daniel – Direção certa

jejum_banner13
Isso é muito bacana e importante mesmo. Eu sempre ouvia o senhor através da Palavra Amiga desde que me converti aos 14 anos de idade. E aprendi desde cedinho a ordem das coisas: “Em primeiro lugar buscar o Reino de Deus e a Sua Justiça e as demais coisas seriam acrescentadas.” Sim. E foi. Primeiro busquei ter um encontro com Deus, coloquei toda a minha força nisso.
Eu precisava do Espírito Santo para me guiar em minha juventude, para ser feliz primeiro, antes de querer fazer qualquer outra pessoa feliz. Me entreguei 100% e recebi 100% dEle. Pronto. As demais coisas foram acrescentadas. Sabedoria para tomar decisões, o caráter de Deus em meu ser, equilíbrio, paz interior, maturidade… Mesmo tendo apenas 15 anos, eu recebi uma sabedoria que mundo algum, faculdade alguma nos traz.
Depois disso e de já estar fazendo a Obra de Deus como obreira, fiz como o senhor orientava, procurei cuidar da minha vida sentimental, de quem seria o meu parceiro futuramente. Não estava ansiosa, não estava preocupada, ainda era cedo para namorar alguém, mas não para aprender e cuidar para não me enganar.
Sempre procurei fazer uma oração que uma vez o senhor ensinou: “Meu Pai, não deixa eu me enganar com os lobos disfarçados de ovelhas, pois o homem vê o exterior, mas o Senhor conhece e esquadrinha o coração. Cuida de mim, e que futuramente eu possa encontrar alguém que tenha os mesmos objetivos que os meus. E que nós venhamos somar no Teu Reino.”
Lembro-me que por ainda eu ser tão novinha, dizia a Deus que nem que a pessoa ainda estivesse lá fora, no mundo, Deus a traria e a converteria. Eu queria vê-la ser liberta, nascida de Deus, selada com o Espírito Santo, para que eu fosse conhecendo o seu caráter de pertinho. Fiz isso e confiei. Não importava o tempo, sei que Deus cuidava de mim, pois todos os dias eu colocava tudo em suas mãos.
E assim aconteceu. O rapaz que hoje é meu esposo chegou à igreja onde eu frequentava, se libertou, teve um encontro com Deus, fomos obreiros juntos, depois ele foi servir no Altar.
Meu esposo foi o meu primeiro namorado, aos 18 anos. Noivamos 1 ano depois, nos casamos mais 1 ano depois. Hoje temos 7 aninhos de casados e muito felizes. Servimos a Deus no Altar com muita alegria. E eu posso dizer que quando seguimos a ordem das coisas e da Palavra de Deus, somos muito abençoados. Ele faz muito mais do que pensamos ou pedimos. Não há como seguir em frente se não tivermos a Sua Direção. Com Ele não é preciso bater a cabeça várias vezes tentando acertar. A Sua Direção é sempre correta e nos traz segurança e paz.
Mesmo assim, ainda continuo cuidando dessa área da minha vida. Pois a vida espiritual e a sentimental andam lado a lado. Quando temos um bom relacionamento com Deus temos um ótimo relacionamento com todos a nossa volta e, principalmente, com o nosso cônjuge. E se temos o cuidado de investir na vida com Deus, temos que ter o mesmo cuidado de investir na nossa vida sentimental.
Mariane Matos

4 comentários:

TIA CLÁUDIA - EBI - PARAIBA disse...

Como é importante obedecermos a direção e a ordem que o Espírito Santo nos dá. Assim também a nossa responsabilidade em ensinar as crianças como seguir e se manter nesta direção.

Maíra Souza disse...

Tá ligado que Deus abençoe a senhora grandemente.
Hoje sou fruto da EBI, cresci na presença de Deus e sirvo a Deus como obreira e tia da EBI. Que Deus abençoe também as crianças que haja sobre a vida deles grandes testemunhos e que o nome do Senhor Jesus seja glorificado.

CINTHIA NASCIMENTO-EBI PEDRAS DE FOGO 2-PARAÍBA disse...

Muito forte!

Anônimo disse...

Vânia ( M-G )
Boa tarde a todos.
Então quando confiamos,cremos e temos fé as respostas lo vêem.É muito importante obedecer a direção de Do Espirito Santo quando isso acontece tudo vai bem na E B I, na família, igreja, trabalho, vida sentimental e principalmente na intimidade com Deus, quando Ele fala conseguimos ouvi-lo e passar para as crianças o que realmente elas precisam para ter o melhor de Deus.
Obrigado Fiquem com Deus.