11º Dia do Jejum de Daniel – Agradecimento de um filho

11º Dia do Jejum de Daniel – Agradecimento de um filho

jejum_banner11
Olá, bispo!
Eu me chamo Felipe e tenho 21 anos. Sou filho de pastor aqui na Bahia, e estou como obreiro há 8 anos. Mas isso não me serviu de muita coisa quando fiquei mal.
Nos últimos dias eu tive que dar fim a um relacionamento de 1 ano. Eu sabia que era o certo, pois minha fé não aprovava. Mas meu eu estava muito forte. Então, senti muito e por estar mal na minha vida espiritual, acabei por ficar mal como nunca.
Ficava trancado no quarto e não queria fazer mais nada. Ia para a igreja, assistia à reunião, mas era como se eu não estivesse ali. Só eu sabia o que se passava comigo.
Um dia cheguei até o pastor responsável pelos filhos de pastores daqui e disse que eu não podia dizer o que era, mas que havia sido forçado a tomar uma decisão e estava mal, pois a guerra estava grande. Ele me disse que mesmo que não soubéssemos agora, lá na frente Deus nos mostraria o motivo e a Sua preocupação para conosco.
Então, numa quinta-feira, eu estava no meu quarto e peguei o tablet. Digitei no YouTube: “Bispo Macedo“. Achei uma mensagem do Jejum de Daniel passado. E depois da pregação, o senhor disse para que colocássemos uma cadeira representando o Trono de Deus e dobrássemos os joelhos à frente. E disse que se fôssemos sinceros, Ele desceria.
Bispo, foi algo tão magnífico, tão grandioso que me lembro da sensação perfeitamente! Foi como se o Próprio Deus descesse e colocasse as mãos sobre mim. Já fazia anos que eu não me sentia tão renovado e tão próximo de Deus. E não parou por ali. Passei a colocar o uniforme, a orar, jejuar e ler a Bíblia como nunca havia feito.
Resumindo: hoje, enquanto escrevo esta mensagem, me sinto a pessoa mais feliz deste mundo. Meu único arrependimento é não ter tomado essa atitude antes, mas estou jogando nos Braços de Deus. E neste Jejum de Daniel darei toda a minha força em prol de estar próximo de Deus, pois não existe nada melhor.
Bispo, muito obrigado por ser tão usado por Deus e nos abençoar!
Sou grato com a minha vida pelo senhor estar fazendo esse trabalho.
Que Deus abençoe muito o senhor! E permaneço fazendo o máximo que posso para contribuir, que é orando a cada dia pelo senhor.
Tudo de bom para o senhor e sua família!
Felipe

1 comentários:

Vanessa Lima disse...

Tá ligado. Eu já passei por um momento muito difícil e quando temos o Espírito-Santo é isso que sentimos, Deus descendo, e, colocando a mão Dele sobre nossa vida. Vanessa Igreja Dom Avelar SSA/BA