Unidade 4 - Moisés Obedece a Deus e Celebra a Páscoa (Historia)

 Moisés Obedece a Deus e Celebra a Páscoa
O povo de Deus viveu muitos anos como escravo no Egito e,
 por isso, Deus enviou Moisés para salvá-lo.
Mas o rei do Egito, Faraó, não deixou que o povo fosse embora com Moisés. Então, Deus enviou dez pragas para a terra do Egito. Na última praga, todas as famílias do povo de Deus deveriam ungir as portas de suas casas com o sangue de um cordeiro sem defeito. Fazendo isso, eles estariam obedecendo à ordem de Deus e fi cariam protegidos da praga.
Na última praga, os filhos mais velhos dos egípcios morreram. Porém, os filhos mais velhos das famílias de Israel foram salvos da morte, pois a praga não entrou nas casas marcadas pelo sangue do cordeiro.
Moisés obedeceu e o povo de Israel também, e depois daquele dia Deus criou a Páscoa, e todo ano o povo de Israel se reúne para comemorar a libertação do Egito com cordeiro, pães asmos e ervas amargas.
Amiguinhos, Deus libertou o povo Dele e deseja que a humanidade seja livre da escravidão do pecado.
A morte do cordeiro na Páscoa simbolizava a morte do Senhor Jesus que é o nosso cordeiro pascal.
Jesus morreu na cruz, para que fossemos perdoados dos nossos pecados.
Jesus foi preso por soldados e levado para ser interrogado e julgado. Ele foi castigado, humilhado, machucado, mesmo sem ter feito nada. Fizeram uma coroa de espinhos para Jesus e zombaram Dele.
Depois de carregar uma cruz muito pesada, crucificaram Jesus e o colocaram ao lado de dois ladrões.
Depois de tanto sofrimento, Ele gritou bem alto:
“Está consumado”.
No domingo, algumas mulheres que seguiam a Ele, foram até o lugar onde o corpo de Jesus foi deixado, e quando chegaram lá encontraram o túmulo aberto, e o corpo de Jesus não estava mais lá.
Ele havia ressuscitado, estava vivo novamente.
Viva!
Confira Também:

0 comentários: