Unidade 1 - O Sofrimento do Povo de Deus (Historia)

 Olhem só que bacana!
 O personagem do Mês de Dezembro fechando com chave de ouro...
Moisés!
 O Sofrimento do Povo de Deus
Turma, foi escolhido outro Faraó, um novo rei. Ele observou que havia muitos hebreus e que a cada dia mais bebês nasciam, o que tornava o povo de Deus mais forte e muito numeroso.
Por este motivo, Faraó criou um plano para impedir o crescimento dele.
Faraó disse para o povo do Egito:
Vejam, o povo de Israel (povo hebreu) é forte e está aumentando depressa, muito mais do que nós. Precisamos encontrar um jeito de não deixar que ele se torne mais numeroso. Ah! Como era maldoso aquele Faraó, pois incentivava os egípcios a terem raiva do crescimento do povo de Deus. 
O perverso Faraó resolveu escravizar o povo de Israel e colocou egípcios para maltratá-lo com trabalhos pesados. Os homens, as mulheres e até as crianças hebreias, eram forçados a fazer tijolos de barro e a trabalhar no campo. Eles acordavam de madrugada para trabalhar, e só paravam quando o sol já estava se pondo, e ainda eram açoitados pelos guardas.
A vida do povo de Deus era muito dura, cheia de sofrimentos. Porém, isso não impediu seu crescimento. O que deixava o rei com muito ódio, pois não entendia como em meio a tanto sofrimento aquele povo conseguia se multiplicar.
Mas vocês sabem por que os israelitas continuavam crescendo?
Porque era um povo escolhido por Deus para se tornar uma grande nação. Ele havia prometido isso a Abraão quando disse: 
“De ti farei uma grande nação, e te abençoarei...” (Gênesis 12.2). 
Crianças, nada nem ninguém pode impedir que os planos de Deus se realizem. Mas Faraó não sabia que estava tentando impedir o próprio Deus, o que é impossível. Insatisfeito, o rei do Egito deu ordens às parteiras para que matassem todos os meninos que nascessem, e só deixassem vivas as meninas. As parteiras temiam a Deus e não obedeceram a Faraó, que mandou o povo egípcio jogar no rio todos os meninos hebreus, recém-nascidos, que encontrassem.
Grande foi o desespero das mães hebreias, porém uma mulher chamada Joquebede conseguiu esconder seu bebê durante três meses. Os soldados entraram na casa dela, procuraram e não o encontraram. Porém, um dia ela decidiu colocá-lo em um cestinho e o levou até o rio. A irmã de Moisés se escondeu e fi cou vigiando de longe para ver aonde o cestinho iria parar. Como deve ter sido a dor daquela mãe, não é mesmo? Ela teve que se separar de seu filho para que ele não morresse, e confiou que Deus iria cuidar dele. E foi o que aconteceu, o bebê foi encontrado pela filha de Faraó. E sabem o que aconteceu, crianças? Miriã se aproximou e perguntou à filha de Faraó, se ela queria uma babá para o bebê. Ela aceitou a ideia e Miriã apresentou a Joquebebe, sua própria mãe, que acabou sendo contratada e criou o bebê até ele ficar grandinho. E a filha de Faraó o chamou de Moisés.

Encontre os Visuais:

Unidade 1 - O Sofrimento do Povo de Deus (Visuais)

0 comentários: