Unidade 3 - As viagens de Paulo (Historia)

Na cidade de Listra aconteceu algo muito triste com Paulo: os judeus que vieram de
outra cidade, convenceram a multidão a apedrejá-lo, e depois o arrastaram para fora da cidade
pensando que estivesse morto. Mas quando os discípulos se juntaram em volta dele, ele se
levantou e entrou na cidade de novo. No dia seguinte, Paulo e Barnabé partiram para a cidade
de Derbe. Ele era perseverante mesmo e nem se preocupava com a perseguição! Depois, eles
viajaram de navio para várias cidades, incentivando e encorajando os cristãos que ali viviam. Eles
ensinavam que era preciso se esforçar para entrar no reino de Deus. Em cada Igreja e cidade que
passavam, eles escolhiam homens de fé para pregar o evangelho, oravam, jejuavam e os entregavam
a Deus para que os protegesse.
Eles seguiam alegres e contentes pregando o evangelho, levantando obreiros e líderes para
as novas Igrejas que iam sendo abertas. A cada dia, as Igrejas iam ficando mais fortes na fé e
aumentava o número de convertidos. Paulo era um homem muito obediente a Deus, e onde o
Espírito Santo o mandava ir, ele imediatamente ia.
Muitas pessoas naquela cidade foram curadas e libertas, inclusive uma jovem escrava que
adivinhava o futuro, cujos donos a usavam para ganhar dinheiro. A pobre jovem era dominada
por espíritos malignos e Paulo, revoltado com a situação da jovem, a libertou. Crianças, os donos
da escrava fi caram furiosos com Paulo e Silas, e os levaram até as autoridades. Eles foram chicoteados
e lançados na prisão. Vocês pensam que eles fi caram tristes com o que aconteceu? Não! À
meia-noite, eles começaram a cantar e a orar a Deus. Então, de repente, veio um terremoto e as
correntes que estavam presas a Paulo e a Silas se romperam e as portas da cadeia se abriram. O
carcereiro despertou do sono e, quando viu as celas abertas, fi cou desesperado, com medo que
os prisioneiros tivessem fugido. O seu desespero foi tão grande que ele pensou em tirar a própria
vida. Porém, Paulo o impediu informando para ele que ninguém havia fugido. O carcereiro fi cou
tão feliz que se ajoelhou diante de Paulo e lhe perguntou: O que devo fazer para ser salvo? Paulo
respondeu: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa.” Que maravilha! Sabem o que
aconteceu? Ele e toda sua família ouviram a Palavra de Deus, aceitaram a Jesus como Salvador
de suas vidas e se batizaram. Eles levaram Paulo e Silas para a sua casa, comeram juntos e
demonstraram grande alegria por terem crido em Deus.

0 comentários: