Unidade 3 - O Casamento de Jacó (Historinha)




O Casamento de Jacó
Ao ser abençoado, Jacó teve que fugir para outra cidade, pois seu irmão Esaú fi cou com
muita raiva e pensava em fazer-lhe mal. Jacó andou muito e dormiu muitas noites na rua e, certa
noite, ele usou até uma pedra como travesseiro. Jacó chegou à cidade onde seu tio Labão morava e
avistou alguns pastores perto de um poço tirando água para as ovelhas. Jacó perguntou se conheciam
seu tio Labão, e os pastores disseram que sim e mostraram Raquel, sua fi lha. A moça era pastora
de ovelhas e estava chegando para dar água ao rebanho.
Jacó ajudou Raquel a dar água para as ovelhas e se apresentou para ela dizendo que era seu
parente. Raquel correu e contou ao pai que o primo havia chegado. Jacó trabalhou muito tempo
para o tio, sem receber nada em troca. Porém, um dia Labão perguntou para Jacó quanto ele gostaria de ganhar. Foi aí que ele contou que amava Raquel e que iria trabalhar para ele sem ganhar nada
durante sete anos e, em troca, pediu a mão de Raquel em casamento. Labão aceitou e Jacó
trabalhou os sete anos alegremente. Enfi m, chegou o grande dia, o dia do casamento. Jacó estava
todo feliz! Mas, na hora do casamento, Labão em vez de lhe dar Raquel, lhe deu Lia, a fi lha mais
velha. Jacó reclamou com o tio e disse que havia trabalhado para casar com Raquel e não com Lia.
Porém, ele explicou que a fi lha mais nova não poderia se casar antes da mais velha e que, depois
de uma semana, lhe seria entregue Raquel pelo trabalho de mais sete anos.
Naquela época, o homem podia ter mais de uma esposa e Jacó amava tanto a Raquel que
aceitou o novo acordo do tio. Ele não se preocupou com o tempo que ainda teria de trabalhar por
causa do amor que sentia por Raquel. Sabe turma, Deus permitiu que Jacó esperasse aquele tempo
todo, pois, enquanto isso, ele aprenderia a cuidar das ovelhas e foi assim que se tornou mais rico
que seu tio.
Encontre os visuais em:

Unidade 3 - O Casamento de Jacó (Visuais)

2 comentários:

Letícia disse...

Essa história é realmente linda,e nos ensina a esperarmos cada vez mais,pois lá na frente a recompensa de do nosso Deus é bem maior do que possamos imaginar.

Letícia,São Paulo-Botucatu

Ana Daniela disse...

ADORO O BLOG DA EBI ME DIVIRTO MUITO COM ELE LEIO MUITAS HISTORIAS PRINCIPALMENTE AGORA QUE ESTAMOS NA FÉ DA FOGUEIRA SANTA DE ISRAEL POR ISSO QUE ESTOU LENDO MUITO A HISTORIA DE JACÓ SEMPRE E ESTOU SEMPRE ENTRANDO NO BLOG DA EBI.
SOU DA EBI DO JARDIM COLOMBO.TCHAU SAO PAULO