Relógio para salinha


Olha que legal essa idéia para que tudo funcione direitinho e na hora certa durante as aulinhas.
Funciona assim: a primeira oração, hora de cantar uma musiquinha, o ensinamento sobre o dízimo e a ofertinha, a oração para abençoar o nosso dia e a historinha que vem a seguir, a historinha e a atividade (desenho, exercício), a oração pelo propósito (pode ser pela família, pelo que foi falado na historinha, etc), a hora da brincadeira, o lanchinho e a oração final.
Pode mudar a ordem, pois as crianças amam ir trocar o ponteiro do relógio para a próxima atividade. Assim também podemos ensinar para eles que, conforme está na Palavra de Deus, tem tempo pra tudo...

Cadeias e Prisões


E aqui outras sugestões para mostrar as cadeias e prisões
que nossos personagens passaram nesta historinha.

Veja que criatividade vai longe!

Especiais para o Maternal


Sugestões interessantes para o maternal.
O trenzinho feito com papel e EVA que mostra as partes da historia


Como lembrancinha um cata vento e o pirulito.

E esta outra ideia bacana de formar um caracol em papel ou EVA
com semi-círculos coloridos e conforme a historinha é contada
a educadora vai colocando o desenhos (visuais) da historinha.
Neste momento as crianças sentam-se em redor do caracol.
Veja para que elas não sentem-se direto no chão,
mas em cima de tatame ou tapete.

Alegres com Deus - Cenários





Unidade 4 - Alegres com Deus (Historia)


ALEGRES COM DEUS
Era uma vez uma jovem cheia de espíritos enganadores
que faziam com que ela adivinhasse a vida de todo mundo.
As pessoas pagavam para a moça adivinhar e o dinheiro que ela recebia
ficava para os seus patrões.
Um dia, aquela jovem viu Paulo e Silas e começou a falar sobre eles.
Todos os dias, quando iam para o templo orar, eles passavam por
aquele caminho e a adivinhadora falava a mesma coisa.
Paulo e Silas sabiam que ela era adivinhadora
porque o espírito do mal estava na vida dela.
Então Paulo olhou para a jovem e ordenou em nome de
Jesus que aquele espírito abandonasse a vida daquela jovem.
Amiguinhos, no mesmo momento o espírito saiu e ela ficou
livre daquele mal. Que maravilha, não é mesmo crianças?
Mas os patrões dela não gostaram nada do que tinha acontecido,
pois eles perceberam que não ganhariam mais dinheiro com as adivinhações.
Sabem o que eles fi zeram?
Agarraram Paulo e Silas e os levaram até a praça
diante das autoridades e de algumas pessoas, e disseram qu
e eles eram de outra cidade e estavam ali para ensinar coisas
contrárias as suas leis.
Quando eles ouviram aquilo, fi caram com muita raiva de Paulo e Silas
e queriam até bater neles.
Então as autoridades mandaram que rasgassem as suas roupas,
batessem neles com varas e depois os prendessem em
uma prisão bem segura.
Mesmo sendo injustiçados e presos, eles não se entristeceram
e nem ficaram reclamando não, pois sabiam que Deus estaria
com eles em todos os momentos. Pelo contrário, eles oraram,
cantaram, e louvaram a Deus alegremente.
Enquanto louvavam, Deus fez acontecer um terremoto,
todas as celas foram abertas, e Paulo e Silas ficaram livres.
O carcereiro que cuidava dos presos pensou até
em tirar a própria vida, pois achou que os
presos haviam fugido; Porém Paulo e Silas falaram de Jesus para ele.
Amiguinhos, o carcereiro quis saber o que deveria fazer para
ser salvo e Paulo explicou que só bastava crer, que ele e a família
seriam salvos.
Ele ficou tão feliz com aquelas palavras que cuidou
das feridas dos dois, levou-os até sua casa e deu-lhes comida.
Depois disso, Paulo e Silas ensinaram sobre Jesus para todos daquela casa,
que passaram a crer na Palavra de Deus.
Quando amanheceu, as autoridades mandaram soltá-los
e os despediram em paz.

Unidade 4 - Alegres com Deus (Visuais)


E lá vamos nós! Rumo a Unidade 4 - Alegres com Deus!
Introdução
Comece este momento perguntando: Quem aqui costuma agradecer a Deus
quando é abençoado ou respondido em alguma oração?
(Espere a participação).
Quando somos atendidos é normal ficarmos felizes, não é mesmo?
Porém, quando as coisas começam a dar errado,
muitas pessoas fi cam reclamando com Deus.
Hoje vamos conhecer a história de dois homens
que se agradavam de servir a Deus mesmo nos momentos difíceis.
Vamos descobrir quem eram eles?

Veja a historinha lá no post:

Unidade 4 - Alegres com Deus (Historia)


Nossa Referência Bíblica é Salmos 37:3 e Atos 16:16 a 34
Nosso Alvo com esta lição é Ensinar às crianças que devemos
nos alegrar por ter Deus em nossa vida.

Aproveite bem as ilustrações/visuais da historia
e crie recursos interessantes, e não deixe de praticar o
bate-papo Legal que está na Revista do Educador

A importância da Aula de Sexta


A importância da aula de Sexta-Feira...
Bem sexta já é um dia em que muitos da família fazem planos,
e porque não a criança também?
Pense só se a aula de sexta for hiper legal, a criança sempre dirá:
"Puxa chegou a sexta-feira, dia de aula especial na EBI,
não posso faltar quero saber as novidades de hoje!"
Por isto eis algumas sugestões:
- Dividam entre si (com seu grupo de educadoras)
quem fará os recursos para a sexta-feira;
- Se em sua EBI tem várias salas, usem recursos diferentes
no domigo e na sexta-feira, troquem.
- Se sua EBI tem apenas uma salinha... hum, e na região as demais EBIs,
são tão distantes assim?
Se for paciência, mas se há EBIs uma próxima a outras,
combinem com as Educadoras de lá para trocarem recursos.
Enfim, Tentem possibilidades para que a aula de sexta-feira seja de fato...
Marcante!

Livro & Lembrancinha



Um Livro super simples... Visuais pintadinhos e a historinha, e de quebra...
tchram!!! Uma lembrancinha diferenciada com o versículo.
Mas esta aqui os meninos talvez não gostem de ganhar...
O que você faz?
Diz a ele que é um presente para a mamãe, rsrs!
A mamãe vai amar e o garoto vai aproveitar a oportunidade de ter o que dar.
E para quem tem muitos alunos e não é possível fazer
uma lembrancinha para cada um,
a sugestão é faça quantas possíveis, e ofereça como incentivo
àqueles que compareceram a todas as aulinhas da semana,
mas claro, não deixe que apenas alguns ganhem...
Sempre que alguém ganhar algo todos precisam ganhar,
ainda que sejam coisas diferentes!
Por exemplo: Três ganham uma flor como esta, maior,
os demais ganham outro tipo de flor com o versículo também.