Edificando - Jejum de Daniel - 15° Dia


Quando damos os nossos dízimos e ofertas para Deus, estamos fazendo sacrifício material e Ele promete abrir as janelas do céu e derramar bênçãos sem medida sobre nossas vidas (Malaquias 3.10). Do mesmo jeito, Jesus promete para aqueles que negarem a si mesmo, dizendo não às suas vontades e fazendo a vontade Dele, ou seja, fazendo sacrifício espiritual, uma vida eterna ao seu lado, lá no céu (Mateus 16.24).

Mas vocês sabiam que em uma passagem Bíblica o Apóstolo Paulo nos mostra que devemos fazer muito mais? Vejam o que ele, usado pelo Espírito Santo diz nesse versículo: “Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” Romanos 12.1

Sabe crianças, ele está pedindo para aqueles que seguem a Jesus se dar em sacrifício racional, santo e que agrade a Deus. Mas o que isso significa? Significa que devemos adorar a Deus através do louvor e da oração de maneira inteligente, por que é a assim que Deus gosta. Para adorar a Deus não precisa ficar gritando, rodando, ou rolando no chão, pois isso não é inteligente. Devemos fechar os nossos olhos, concentrar o nosso pensamento em Deus, nos esquecendo de tudo, se preocupar apenas em dizer para Ele que O amamos, o adoramos, falarmos palavras bonitas para Ele e cantarmos louvores. Isso sim é uma maneira inteligente de prestar culto para Deus.

Dessa forma crianças o Espírito Santo dá a direção, orienta e conduz o nosso louvor e oração e podemos contemplar Jesus à vontade, livremente e de forma natural, conversar com Ele da maneira que Deus gosta.

2 comentários:

Rebeca Milleny disse...

Siga em frente! S.

Anônimo disse...

Volte ao início, e saberá a 2 pista!