Unidade 3 - Os Irmãos Preguiçosos (Historinha)


Os Irmãos Preguiçosos
Tânia e Paulinho eram gêmeos e tinham 10 anos. Eles frequentavam a EBI, porém não prestavam atenção na aulinha, eram muito preguiçosos e viviam reclamando.
Os dois sempre chegavam atrasados na escola, pois eles demoravam a levantar da cama e deixavam a mãe, dona Rosa, muito tempo tentando acordá-los. Paulinho fazia os exercícios bem devagar e só pensava em chegar a casa para brincar no computador. As professoras viviam chamando a atenção dele e dona Rosa sempre era chamada até a escola.
Quando chegavam a casa, eles jogavam tudo pela sala: as mochilas, os tênis e deixavam tudo desorganizado. Tânia corria para brincar com as bonecas e Paulinho com o computador e só faziam os exercícios da escola quando dona Rosa mandava.
Depois da brincadeira, Tânia deixava as bonecas espalhadas e Paulinho sempre se esquecia de desligar o computador e era a mãe deles quem acabava arrumando as bonecas, guardando as mochilas e os tênis, enfim, organizando a bagunça. Dona Rosa ensinava para os filhos que eles não deveriam ser preguiçosos, mas não adiantava.
Certo dia, a tia da EBI estava ensinando um versículo que diz: “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos e sê sábio.”Ao ouvir o versículo, Tânia perguntou qual era o seu significado, e a tia explicou que Deus ensina, através daquela Palavra, que Ele não se agrada da preguiça e nos manda observar as formiguinhas, que são tão pequeninas e vivem procurando alimentos e, quando os encontram, logo os carregam. Deus nos ensina a observar o exemplo das formigas para sermos sábios e inteligentes como elas.
Paulinho e Tânia confessaram que não estavam sendo inteligentes, pois viviam sendo dominados pela preguiça. Então a tia falou que só dependia deles não serem mais preguiçosos e agirem diferente. Os gêmeos entenderam e, a partir daquele dia, mudaram de comportamento e tornaram-se organizados e estudiosos.

0 comentários: