Unidade 2 - A Repreensão que Abençoa - História


Rui e Igor eram irmãos, estudavam na mesma escola e sempre voltavam juntos para casa. O pai deles, seu José, ensinava que eles deveriam ser bons meninos, amar e respeitar o próximo.
Um dia Igor, o mais novo, chegou da escola com um minigame. Quando viu o brinquedo, seu José perguntou para o filho de quem era o jogo e Igor respondeu que o havia achado no caminho de volta para casa.
Seu Jose resolveu perguntar para o Rui se, quando estavam voltando para casa, haviam encontrado algo. Rui respondeu ao pai que não. Crianças, Igor estava mentindo para o pai, que atitude feia, não é mesmo?
Ao perceber que Igor não havia falado a verdade, seu José o chamou e perguntou novamente sobre o minigame. O menino ficou assustado e mudou a história dizendo que havia pego o jogo emprestado e que o devolveria ao colega no outro dia.
O irmão de Igor percebeu que ele estava mentindo e disse:
- Na hora do recreio, um menino avisou que havia perdido seu joguinho, mas ninguém lhe devolveu o brinquedo.
Seu José era muito sábio e levou os filhos para um passeio na pracinha perto de sua casa, e conversou com os meninos sobre a importância de ter Jesus no coração, obedecer aos pais e ser verdadeiro. Ao ouvir aquelas palavras, Igor olhou arrependido para o pai e contou o que havia acontecido de verdade.
- Papai, encontrei este brinquedo na escola, me desculpe por ter mentido, não farei mais isso. E amanhã o entregarei ao dono. O pai do menino ficou tão feliz com a decisão do filho que o beijou e o abraçou sorridente.

Conclusão:
Amiguinhos, aprendemos que o pai (responsável) repreende o filho porque o ama e está cuidadndo dele, assim como Deus ensina e repreende Seus Filhos porque quer o bem dele, assim como está escrito:
"Porque o Senhor repreende a quem ama,
assim como o pai, ao filho a quem quer bem"
Proverbios 3:12

1 comentários:

dalva disse...

A historia ficou bem explicativa todo mundo vai entender porque o bom pai repreende o filho que ama