O educador suficientemente bom.

Sabemos que a sociedade moderna vive dias de correria e muito trabalho. A educação dos pequenos hoje não está restrita ao convivo da família. E cada vez mais cedo as crianças vão para a escola e creches.
O papel do educador seja ele atuante em áreas de educação formal (como as escolas) ou educação não formal, como as igrejas por exemplo é uma função muito importante. Pois esse educador irá interagir e influenciar na formação das crianças. Através da palavra de Deus, do seu testemunho e da qualidade do trabalho que desenvolve.
O pediatra e psicanalista de criança Donald Winnicott, em seus estudos e pesquisa do desenvolvimento infantil ressaltou aos cuidadores, pais, educadores e familiares saberem a importância de cuidar e educar.
Para ser um educador suficientemente bom se faz necessário ter resolvido questões da sua própria infância, pois muitas vezes quando o adulto se depara com situações semelhantes as que já viveu em sua infância pode repetir as mesmas reações que vivenciou com seu seus pais e professores. Por isso a importância do educador cristão saber que deve ser uma referência para as crianças. Saber ouvir, valorizar questões que para nós adultos parecem bobagens. Trabalhar a auto estima da criança que por muitas vezes não recebe palavras de valorização, tendo sua própria imagem diminuída. Para o educador conseguir fazer um trabalho de construção ele precisa ter claro que o princípio do educar é uma via de mão dupla. Enquanto estimulamos o desenvolvimento e as potencialidades das crianças aprendemos com uma rica inter-relação.
A infância é a fase que as crianças estão construindo o seu eu, o seu caráter e o adulto que irá se tornar. O homem é um ser em constante transformação. Bons educadores hoje, próximas gerações de adultos sadios.

BIBLIOGRAFIA: REICHERT, Evânia. Infância a idade sagrada. Porto Alegre: Vale do ser,2009.2ª edição.

5 comentários:

Joana Darc disse...

Ta ligado !!! juntas construiremos uma Igreja forte e alicerçada.
beijos

Tia joana / Catedral de Jundiai

Nicole de Morais disse...

Ser educador é uma grande responsabilidade, pq sabemos que tudo o que fazemos e falamos eles absorvem de uma forma, que passam a agir da mesma maneira. É por isso que temos sempre que orar pra Deus estar na frente e fazermos tudo no Espírito.
Nicole, sede do Pré.

Tia Jac - Catedral São Carlos - SP disse...

Vejo isso em mim, pois da maneira que eu cresci na presença de Deus , me tornou o que sou hoje, Graças à Deus. E como é importante o papel da educadora da EBI.

Rosa - Recife/ PE disse...

Tá ligado!!essa é a nossa fé!!!!!

bjokas

Rosa
Recife / PE

belly disse...

juntas sempre! Visando as crianças!
Izabelle-padre miguel-RJ