Números que gritam!


Seis por cento das crianças já falaram em se matar. O dado é assutador, mas, infelizmente é real.

Abaixo, você confere alguns números levantados pela pesquisa coordenada pelo neurologista da infância e diretor do Instituto Glia de Ribeirão Preto, SP, Marco Antônio Arruda, chamada de projeto-piloto "Atenção Brasil".

50% das crianças são nervosas.
40% mal-humoradas.
28% se referem à solidão.
23% apresentam dificuldades de relacionamento.
6% já falaram em se matar.
54% das crianças desobedecem em casa.
28% o fazem na escola.
13% têm alguma dificuldade escolar.
20% apresentam dificuldade escolar importante.
29% da mães fumaram durante a gestação.
10% ingeriram bebida alcoólica durante a gravidez.
25% relatam antecedentes de atendimento médico para depressão.
33% dos pais bebem diariamente.
8% dos pais também relatam antecedentes de atendimento médico para depressão.

Esta é a realidade de muitas crianças e adolescentes brasileiros.

Estas informações nos faz refletir o quanto é importante o trabalho que é desenvolvido nas EBIs de todo o Brasil, e para você que é voluntário da Educação Bíblica Infanto-juvenil, reflita ainda mais sobre qual é o seu papel como educador cristão e em como seu trabalho pode reverter este quadro, pois estas crianças serão o futuro da nossa sociedade.

"Quem ganha um adulto para Deus ganha meia vida, mas quem ganha uma criança, ganha uma vida inteira para o Reino de Deus".

18 comentários:

Anônimo disse...

Ta ligado Dna. Margareth,
Vamos trabalhar para mudar essa situação. A realidade é dura, mais no nome de Jesus nossas crianças serão muito abençoadas!

Mariana Castro
Mexico

sandra disse...

Isso Tudo tem que nos dar mais vontade ainda de lutar pelas nossas crianças...esses dias uma criança foi a EBI que sou tia e me disse que tudo o que ela queria era uma caixa de leite para tomar nescau...não é revoltante,temos que fazer mais tias..Vamos na fé de abraão que cria que das cinsas Deus levantaria Isaque...Tudo já mudou pela nossa fé.
bjus
Tia sandra /Fazenda Rio Grande-PR

Regina M.Nunes disse...

Querida D.Margareth estamos através do trabalho da Educação Infantil Cristã com as condições necessárias para transformar esta situação. Amadas Tias e Conselheira, por tudo isto temos que chegar antes do tempo, e alcançar as crianças, e adolescentes e o faremos com sua colaboração. Precisamos mais que orar, precisamos agir. Este Blog é mais uma Ferramenta para orientar o Como Agir.
Senhores Pais que frequentam este Blog: Una-se a nós para que nunca seus filhos façam parte desta estatística.

Estela disse...

Gostei muito deste comentário pois tem sido essa a nossa dor nas salinhas das ebis, com certeza em todo mundo,fico triste mais isso so me dar forças para lutar contra toda obra ma e procurar mostrar para as tias e conselheiros como otrabalho que eles realizo tem um significado super-especial para a nossa sociedade estamos formando pessoas que irão mostrar o tamanho do nosso Deus.

A luta estar travada so tem um vencedor as crianças que iremos formar.

beijos ESTELA -AMAZONAS

Maria josé disse...

Olá d. Margarete que lhe dizer que o blog está sendo uma feramenta para o meu aprendizado no berçário tenho me empenhado mais tenho feito o que a sra. nos orientou em orarmos 12:00 junto com o bispo Macedo em prol do nosso trabalho na E.B.I , e o que a sra. derterminou vai acontecer a E.B.I vai ser uma grande nação eu creio pois nosso Deus é o Deus do impossível. neste mês de novembro duas crianças morrem... uma o pai esqueceu dentro do carro em são paulo e a outra o pai jogou a criança de um edificio 18 andares. E isso que a sra. colocou números que gritam é muito profundo... pois isso que foi colocado não acontece só com crianças de 4 a 10 não , tenho visto no berçário como as crianças chegam até nós! crianças de 2 a 3 anos com poblemas de gente grande. Por isso estou em oração para reverter esse quadro que é alarmante. E vc que é tia da E.B.I faça o mesmo: vamos unir forças a E.BI mudou em todos os sentido , temos condições temos tudo. E no meio desse tudo está o nosso Deus que é conosco , nos escolheu para fazer parte desta familia. O nosso Deus é o Deus de MARAVILHAS. D. Margareth pode contar comigo pro que der e vier!! que Deus continue lhe dando sabedoria , intendimento para cuidar desta obra que eu amo muito.
Um forte abraçao!
Tia Maria ,
Catedral de del castilho Rio de Janeiro.

Mara disse...

É verdade dona margareth, inclusive e infelizmente eu ouvi isso da boca de uma criança, que foi ajudada pelas tias da EBI, e mudou. Há muita falta de atenção doa pais, as criaças se sentem muito sozinhas, nós tias temos que suprir essa carencia, tendo muita paciencia e dando todo nosso amor à elas. Deus nos ajude.
Tia Lucimara - Várzea Grande-MT.

Patricia Costa disse...

Os números são alarmantes...
Com esses dados podemos ver como as crianças de hoje tem tido sua infância roubada.
A frase final nos diz muito.
"Quem ganha um adulto para Deus ganha meia vida, mas quem ganha uma criança, ganha uma vida inteira para o Reino de Deus".

Margareth esse artigo muito nos conscientiza. Bjs mil.Paty.

LisisinhaeVini disse...

Precisamos trabalhar muito, com amor e fé pra mudar essa triste realidade! Grande é a importância do nosso trabalho, estamos formando os futuros adultos de amanhã... que Deus nos capacite a cada dia mais e mais pra ajudarmos as crianças em nosssas EBI's por todo o país, e tb ajudarmos as crianças que fazem parte dessa triste realidade no mundo ai fora...
Aproveito a oportunidade pra deixar um beijo grande pra tds as tias, especialmente pra tias da EBI Sapiranga/Rio Grande do Sul! Meninas amo vcs!!! Deus as abençoe sempre mais e mais... Bjinhos em tds

J@que C@mpos disse...

É...realmente é muito triste esses dados mostrados nessa pesquisa e infelizmente é a pura realidade que temos vivido nos dias atuais. Por isso não podemos desanimar por mais que seja difícil foi para isso que Deus nos escolheu, para mudar essa situação, por isso vamos nos unir nós tias e conselheiros do P.A para mudar esse quadro tão terrível!
Que Deus nos guie e nos dê forças dia após dia!!!
Beijos a todas!
Conselheira do P.A.
Iurd: Coelho Neto - Rio de Janeiro.
Visitem meu blog: www.pense-mensagens.blogspot.com

Anônimo disse...

Realmente temos constatado vários desses sintomas em crianças que chegam nas nossas mãos, mas Graças a Deus que temos a E.B.I. CHEGANDO ANTES DO TEMPO para fazer a diferença na vida dos pequeninos!

silvana disse...

São alarmantes mesmo esses números, quão grande e importante é o trabalho da EBI e principalmente dos educadores, por isso precisamos correr e correr muito, para chegarmos antes do tempo.

Silvana Freitas

Liliane Passos Marechal-Alagoas disse...

Olá,primeiramente quero agradecer á oportunidade de juntas trocarmos experiência e podermos expressar a nossa opinião á respeito dos assuntos aqui abordados.!
É um absurdo o que o mal tem feito na vida desses pequeninos, e muitas das vezes essas crianças que tem sido maltratadas, abusadas, feridas... estão mais perto de nós do que possamos imaginar,muitas frequentam a nossa aulinha.
Ai se vê o porque Deus nos escolheu, para darmos vida á seres que nem bem chegaram ao mundo, mais já sofrem com as influências do mal.
Tias vamos dar a nossa vida para juntas ganharmos toda á vida dessas crianças para o Reino de Deus! bjs á tds

Joize Pimentel disse...

Olá, boa tarde,

Abordei este assunto com as tias e li o texto com elas, para conscientizá-las da importância do trabalho que elas realizam e da nova visão que estamos vivendo ...
Achei muito proveitoso ...
Obrigada...

fabi disse...

Muito forte isso, devemos arregaçar nossas mangas e lutar pelas crianças, não dá pra ficar parada esperando elas serem levadas, esse é o nosso trabalhado, Deus confia em cada uma de nós e nos deu esse talento agora vamos faze-lo dar frutos...vou salvar esses dados e colocar na EBI para que os pais vejam que o trabalho da EBI é importante na vida de seus filhos.
Beijinhos da tia Fabiana

Rosa - Recife / PE disse...

Meu Deus!!! não tinha noção desses números, que tristeza! mais é fato que as crianças a cada dia sofrem tanto quanto ou pior que os adultos. TEMOS QUE CHEGAR ANTES DO TEMPO.

belly disse...

Nossa fiquei chocada! Senhor! temos que reverter essa situação urgente!
Izabelle-padre miguel-RJ

DÉBORA disse...

isso mostra como nosso trabalho tem uma importancia imensa...

DÉBORA disse...

...E o que me fez analisar muito,(além de ter refletido muito no texto),foi essa ultima frase!