Deixe-me vir os pequeninos. Pois deles é o reino de Deus .(Mc 10-14)

Com certeza, Jesus é o maior educador que já existiu. Ele teve a sensibilidade de ver na criança um ser humano, uma pessoa que também necessita de cuidados, atenção e respeito. O que muitas vezes para o adulto parece bobagem, para a criança é algo muito sério. Muitas crianças não conseguem receber esse olhar dos adultos com quem convivem. Quando Jesus disse “deixai vir a mim as criancinhas”, com certeza Ele queria dar a elas a oportunidade de ouvir suas Palavras. Ele sabia que no coração da criança também pode haver medo, solidão , tristeza e outros sentimentos que são pertinentes aos adultos. A criança é uma esponjinha que absorve muito do que acontece em seu lar, na vida dos seus pais e familiares.
Nós educadoras cristãs temos que ter esse olhar afetivo e saber ouvir as nossas crianças e adolescentes. Eles precisam ter em nós uma referência e confiança para poder expor o que às vezes em sua casa ou na escola não conseguem falar. Com essa oportunidade podemos agir com a direção do Espírito Santo no foco do problema.

Educadora, busque estimular os seus pequeninos, valorize-os como um ser especial. Aquela criança mais “arteira” é a que você deve trazer para perto de você, colocando como ajudante do dia, por exemplo. Ela, com certeza se sentirá valorizada.
O médico e educador Janusz Henryk Goldszmit, que adotou o nome de Janusz Korczak, nasceu em 1878, em Varsóvia. Filho de uma rica família de judeus, seu pai era um famoso advogado. Korczak se formou em Medicina em 1905, e logo foi convocado para o front da guerra russo-japonesa - na época, a Polônia era uma possessão da Rússia. Foi um pioneiro no direito das crianças e sempre valorizou o pensamento e o saber dos pequenos. Teve um trabalho diferenciado na educação, onde a aprendizagem se tornou significativa na vida das crianças por ele educadas. Ele montou e trabalhou em um abrigo para crianças órfãs. Uma de suas frases mais marcantes é: "As crianças não vão tornar-se pessoas no futuro, porque já são pessoas". Por isso, dizia: “elas devem ser compreendidas no momento em que estão”.
Vamos trabalhar com nossas crianças como JESUS faz conosco, acreditando em nosso potencial e tendo paciência, oferecendo oportunidades de mudança e crescimento. Lembre-se JESUS nunca desiste de nós!!!!!!

23 comentários:

"Eliz" disse...

Legal! obrigada pela mensagem!

Vamos cuidar dos nossos pequeninos com todo amor e carinho. Assim como Jesus cuidou de nós!

Deus abençoe!
O Blog ta uma benção!

Joana Darc disse...

Amei...o texto! sempre pensei dessa forma com respeito a criança que gosta de chamar a atenção toda pra ela. na grande maioria essa criança tem problema e quando colocamos perto de gente vemos o quanto de problema ela passa.Nunca aceitei excluir ou deixar com que a criança que agi assim atrapalhar a aulinha.Quando acontece isso na aulinha 1º procuro ter muita pasciencia e depois sempre dou algum tipo de trabalho pra ela, assim ficando mais proximo de mim, e tem funcionado bastante.não podemos esquecer que a pasciencia é primordial nessas horas. beijinhos.

Tia Dri disse...

É isso mesmo! Devemos acreditar no potencial que cada criança carrega dentro de si. Devemos despertar seus dons, ajudá-las, para que elas se tornem pessoas de Deus HOJE no presente!

Beijinhos!

erika disse...

O texto é maravilhoso !
essa parte é a que me tocou mais : Eles precisam ter em nós uma referência e confiança para poder expor o que às vezes em sua casa ou na escola não conseguem falar. Isso é a mais pura realidade ! Fomos escolhidas pelo Senhor , então vamos fazer a obra com amor e carinho *

Margareth Pereira disse...

Muitas são as crianças que chegam até as EBIs com problemas diversos, isto mesmo, muitas estão expostas à problemas familiares, como o alcoolismo do pai, brigas constantes em casa, problemas financeiros na família, problemas de saúde e diversos outros que deveriam ser problemas somente dos adultos, mas não são. Nós como educadores cristãos devemos ter esta consciência e procurar-mos conhecer a realidade de vida de cada criança. Lembre-se o excelente educador abraça quando todos rejeitam.

Anônimo disse...

Gente, estou maravilhada! Até que enfim a EBI está disponibilizando textos que nos ajuda a entender a importância do trabalho com as crianças. Sempre que eu precisava de textos assim, para compartilhar com outras tias, ia no blog da Tia Dri que é uma benção e qual não foi minha alegria e surpresa ao ler este texto. Parabéns a todos que fazem parte desse blog. Gostei de tudo!

Abraços,
Tia Ana - São Paulo

Suelen disse...

Ola meu nome é Tia Suelen e sou do RJ !!!
Essa mensagem é muito forte!! A parte que mas me chamou atenção , é quando fala que a criança é como uma esponjinha que absorve muitas coisas que vem acontecendo em seu lar . Nós educadoras temos que colocar o coração neste trabalho, ñ é fácil, mas é maravilhoso !!! Aqui na E.B.I. temos recebido crianças, que muitos ñ dão nada por elas, mas eu tenho a certeza que verei Deus sendo glorificado através dessas crianças !!!!
Vamos em frente , pois vai arrebentar !! Aliás, ja esta arrebentando !! rsrs Que Deus abençoe a todas !! Beijinhos !!!

Pâmela disse...

Realmente este texto e muito forte!!
As vezes não damos a atenção que os pequeninos precisa pensando que eles ainda não entedem.
Mais esse e melhor momento para passar a mensagem do Senhor Jesus para eles, E o momento de formação do carater de cada um.
Um forte abraço para todas tias.
Pâmela Aguiar
Brasília-Df

ELIANA disse...

ESTE TEXTO RESSALTA O QUANTO É IMPORTANTE O TRABALHO DO BERÇÁRIO, DA EBI E DO PA. AS CRIANÇAS QUE RECEBEMOS DIARIAMENTE NA ESCOLINHA QUE DEMONSTRAM AGRESSIVIDADE, HIPERATIVIDADE OU OUTROS SINTOMAS SEMELHANTES ESTÃO, MUITAS VEZES, INVOLUNTARIAMENTE NOS DANDO UM SINAL DE QUE PRECISAM DE MAIS ATENÇÃO, ORAÇÃO E CARINHO.

Nanda Cury disse...

Quando li o livro - Jesus o maior educador que já existiu, não pude exitar em concordar. Ele fez tudo tão direitinho que ate hoje ha homens que nem são evangélicos, mas praticam sua teoria. Fico feliz em recordar deste livro através de seu artigo.

Jucelia Freitas disse...

Belíssimo artigo Paty!
Eu particularmenete sempre procuro dar o máximo de atentão as crianças mais "arteiras". Interiormente elas são lindas e cheias de amor para dar. Tenho experiências maravilhosas com crianças assim, e aprendo muito com elas.

Deus abençoe!

Pro Susy- BA disse...

Vale ressaltar que crianças sempre existiram, mas a infância não. Antes as crianças eram consideradas adultos reduzidos, se assistirmos a Lista de Shingler, veremos crianças trabalhando em teares e morrendo entre maquinas, então vários pesquisadores a partir do período da revolução industrial começaram a se preocupar com o desenvolvimento da criança, como Jean Piaget e outros. No entanto, ha muitos anos atras Jesus já tinha pensado nelas com carinho, quando disse que o reino dos Céus pertencem aos pequeninos e que quem nao tiver o coração como de criança nao o herdaria. A ciência comprova em sua linguagem o que o nosso Deus ja deixou prescrito.
Parabéns ao blog, por nos dar espaço de expor nossos pensamentos.

Maricelia Nunes- BA disse...

Olá meu nome é Vera, sou estudante de pedagogia, recebi esse texto de uma aluna, que utilizou como referencia bibliográfica ao falar sobre Korczak, entao resolvi dar uma passada pelo blog e ler na integra o artigo. Parabéns assim a gente vê que a Universal também é cultura. Hoje tenho outra concepção dessa igreja.

VITORIA BACELONA- VILAS DO ATLANTICO BA disse...

QUERIDA PATRÍCIA
MEUS PARABÉNS AO ARTIGO, MUITO SENSATO SUA LEITURA E EXPLICAÇÃO. VOU DEIXAR AQUI DUA FRASES DO PENSADOR ( Janusz Korczak) EXPOSTO EM SUAS PALAVRAS:

1. "Sem uma infância serena e completa, toda vida posterior fica mutilada."

2."Não desejo mal a ninguém. Fazer o mal? Nem sei como isto se faz.

SE ELE PENSAVA ASSIM, IMAGINA NOS EDUCADORAS CRISTAS, DEVEMOS NOS DEDICAR AINDA MAIS AS CRIANÇAS, ELAS SAO O FUTURO DA IGREJA, O FUTURO DO MUNDO. MERECEM NOSSA ATENÇÃO SEMPRE.

ESCREVA MAIS, EU E MINHAS COLEGAS GOSTAMOS MUITO DE LER SEUS ARTIGOS.

Elane disse...

A UNIVERSAL ESTA DEMAIS. ESSE BLOG É UMA FEBRE AQUI NA FACULDADE. E CONHECENDO PERCEBE-SE CLARAMENTE O SUCESSO, É UM BLOG DEMOCRÁTICO, LIMPO, SEM BAIXARIAS, É ALGO QUE VEIO PRA COLABORAR, PRA SOMAR. GOSTEI MUITO DESSE POST, JA TINHA LIDO O LIVRO EM QUE PROVAVELMENTE A AUTORIA TAMBEM LEU, MAS NAO TINHA FILOSOFADO TAO BEM COMO ELA O FEZ. CONTINUEM ASSIM

Patricia Costa disse...

AMIGAS LEITORAS!!!!
Como é gratificante saber que o quê temos compartilhado no blog tem edicficado e colaborado para todas nós educadoras cristãs ou secular . Quem se dedica a educação com certeza acredita no ser humano. E Deus é assim também. Ele mais do que ninguém acredita em nós!!! Obrigada por cada uma de vocês existirem e fazerem parte de nossas vidas. Um grande beijo à todas comentaristas do blogdaebi.

Nanda Cury disse...

Olá Patricia, que gostoso ler seu artigo, como pedagoga, adoro tudo que refere-se a educação, no entanto, ressalto a importância de você colocar a referencia , pois lendo seu pensamento, vejo que utilizou o livros e quando se refere ao Janusz, algumas de suas palavras sao semelhante o da revista escola de abril, seria muito interessante, lermos a matéria completa tendo acesso aos livros e revistas que te inspiram. Mas no mais, gostei, o mundo da educação e assim, mentes pensantes o tempo todo.

Anônimo disse...

ME CHAMO ADRIANA,MORO ATUALMENTE EM PORTO ALEGRE,GOSTARIA DE COMENTAR UM EPISÓDIO DE MINHA VIDA,QUE CREIO,QUE IRÁ COMPLEMENTAR,OU SEJA,CONFIRMAR AS PALAVRAS DA PATRICIA.ME LEMBRO QUE COM 8 ANOS,FUI UMA CRIANÇA QUE VIVIA TENDO PESADELOS,AOS 10 ANOS,JA VIA VULTOS,SENTIA DENTRO DE MIM UM VAZIO,QUE NÃO SABIA ESPLICAR PELA POUCA IDADE QUE TINHA,QUANDO ESTAVA PERTO DE COMPLETAR 11 ANOS COMECEI A NAMORAR,MAIS NAMORAR MESMO,IGUAL GENTE GRANDE,E ME DECEPICIONAR MUITO CEDO TAMBÉM,TINHA CONFLITOS COM MEUS PAIS CONSTANTEMENTE E JÁ LOGO CEDO SABIA MANIPULAR UMA SITUAÇÃO E ME SAFAR DE DETERMINADAS SITUAÇÕES COMPLICADAS.SENTIA-ME CARENTE,POIS APESAR DE TER MEUS PAIS E MINHAS IRMÃS COMIGO,NEM SEMPRE ELES PERCEBIAM A CARENCIA QUE HAVIA EM MIM.
CONCLUSÃO:AS CRIANÇAS,SÃO TÃO NECESSITADAS EM CONHECER A DEUS,COMO TAMBÉM UM ADULTO NECESSITA,SE EU,TIVESSE DESDE CEDO,CONHECIDO ESSE DEUS MARAVILHOSO E SUA PALAVRA COM CERTEZA MINHA INFANCIA TERIA SIDO MUITO MAIS FELIZ E PURA,POIS ATÉ DESEJO DE SEXO,EU,TIVE AINDA CRIANÇA,COM MENOS DE 10 ANOS.ENTÃO,É COM IMENSO PRAZER,QUE FAÇO ESSE COMENTÁRIO,FALANDO DO QUANTO É IMPORTANTE QUE CADA PAI,MÃE,PRESTE ATENÇÃO EM SEUS FILHOS,SEJA AMIGO DELES,NÃO FAÇA AMEAÇAS,E TIA,FAÇA O SEU MELHOR,POIS O AMOR DE CRISTO QUE HA EM VOCÊ,MAIS O ESPIRITO SANTO,QUE ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO E A PALAVRA QUE VOCÊ ENSINA,COM CERTEZA,SALVARÁ A ALMA DE UMA CRIANÇA,SEJA ELA QUIETINHA,SEJA ARTEIRA,SEJA REVOLTADA,SEJA ELA DOCÊ,NÃO DEIXE NENHUMA DELAS SEM A SUA ATENÇÃO E SEU AMOR,POIS DEUS,ESCOLHEU VOCÊ.OBRIGADO PELA OPORTUNIDADE DE FALAR UM POUCO DE MIM,E DE COMO FUI QUANDO AINDA ERA CRIANÇA,POIS SÓ CONTEI UM PEDACINHO DO QUE VIVI.

Patricia Costa disse...

Adriana,
Quando li seu depoimento pude ver quantas marcas você já tinha na sua alma desde da infância. É muito bom você postar sua experiência. Pois o objetivo do blog é esse mesmo trocarmos experiências e aprendermos um com os outros. Fico feliz em saber que o Senhor Jesus curou sua alma. Que venhamos nos deixar usar por Deus para salvarmos as nossas crianças. Deus abençoe você sempre. Patricia.

Patricia Costa disse...

Nanda,
Fico feliz que você tenha gostado do artigo,o propósito em escreve-los é trazer conhecimentos pedagógicos e espirituais à todas as leitoras do blog. Quanto à referência que você sugeriu fico grata pela orientação,porém não foi na revista escola de abril que eu me inspirei.Eu realmente li a revista escola, mais foi a do mês de novembro, que fala da vida e dos pensamentos do educador. O meu propósito foi relacionar o grande Pedagogo que Jesus é quando trabalha conosco de forma lúdica como as parábolas por exemplo. Mais cara amiga, agradeço a sua orientação e colocarei as referência quando postar os próximos. Um grande abraço. Patricia Costa.

Maria josé disse...

Olá d. Patricia li seu artigo e tudo que disse acontece com nossas crianças! a pouco tempo recebemos uma criança no berçário que estava com poblemas na escola , em casa a mãe disse que o comportamento dela mudou estava agresiva e até mesmo agredia a mãe. Sabe por que d. Patricia? o pai separou da mãe foi morrar com outra mulher, e essa criança estava sofrendo por causa da separação dos pais e nós tias estamos cuidando dela e a irmã que fica conosco de 1 e 8 meses já vinha com o mesmo poblema. Mais como a sra. disse nós tias fomos escolhida para formar um carater de DEUS nessas crianças , eu particularmente tenho me empenhado mais depois que passei a ler todas as mensagens colocadas no BLOG , tem me ajudado muito. E vc tia que ler esse comentário mantenha comunhão com Deus para que ele possa te ajudar... qaundo vc estiver na salinha olhe para cada criança como se vc estivesse olhando para o Senhor Jesus! coloca toda sua força pois o Espirito Santo é com vcs tias.
Com carinho tia Maria,
Catedral mundial da fé em del castilho Rio de Janeiro

Patricia Costa disse...

Maria José
Deus tem contato muito com pessoas como você, que sabe e tem consciência do trabalho que tem desenvolvido. A semente que você tem plantado no coração dos seus pequeninos vai ficar para sempre minha amiga. Eu louvo e agradeço a Deus por sua vida e de tantas outras educadoras critãs que tem dado o seu melhor. Deus tudo vê e ELE está lhe vendo. Um grande beijo, Patricia.

Rosa - Recife / PE disse...

Nossa...muito forte dna. Patricia é isso mesmo "vamos trabalhar com as crianças como o Senhor Jesus faz conosco"

bjinhos com carinho

Rosa
Recife / PE